sábado, 30 de agosto de 2014

Visita dos estudantes do 6º ano do Colégio Normal de Lajedo e do 5º ano da Escola Clementino Lima

Colégio Normal de Lajedo
Escola Clementino Lima
Os estudantes do 6º ano do Colégio Normal de Lajedo e do 5º ano da Escola Clementino Lima visitaram a Escola Ambiental para conhecer sua proposta de educação ambiental. Durante a visita trabalhamos temas relacionados a questão da deposição adequada do lixo, a Estrutura do Aterro Sanitário de Lajedo e participaram o Circuito Tela Verde do Ministério   do  Meio Ambiente, na qual trabalhamos o vídeo Uma chance pra o futuro, feitos por alunos de uma escola de São Paulo que foram até uma Cooperativa de Catadores conhecer o trabalhado realizado por eles e realizando entrevistas com pessoas nas ruas, questionam sobre a importância dos mesmos para a sociedade e para o meio ambiente.

A educação ambiental, tema muito trabalhada atualmente, é uma ação educativa permanente e essencial à sociedade, pois desperta nos indivíduos o cuidado com a prática de atividades que possam causar impacto ambiental. Discuti sobre o tipo de relações que os homens estabelecem entre si e a natureza e dos problemas derivados de suas ações irresponsáveis.


A preservação do meio ambiente depende muito da forma de atuação das gerações presentes e futuras, e o que estão dispostas a fazer para diminuir o impacto ambiental das suas ações. Por esse motivo, a educação ambiental é de extrema importância e deve ser abordada nas escolas, para que todos os membros da sociedade desenvolvam uma consciência ambiental e tenham atitudes responsáveis em relação ao meio ambiente.

Colégio Normal de Lajedo








Escola Clementino Lima






Texto e Imagens: Equipe Escola Ambiental

Secretaria Municipal de Educação
Prefeitura Municipal de Lajedo - PE

Visita da Escola Pedro Cosme e da Escola Frei Fernando Rossi

Escola Pedro Cosme

Escola Frei Fernando Rossi

Recebemos no mês de agosto estudantes da Educação Infantil da Escola Pedro Cosme e da Escola Frei Fernando Rossi do Mutirão, durante a visita trabalhamos as questões relacionadas à problemática do lixo e a Estrutura do Aterro Sanitário de Lajedo.

A educação ambiental deve ser um assunto a frequente nas salas de aula, assim como dentro de casa, desde muito cedo. A Escola Ambiental trabalha a educação ambiental na educação infantil utilizando informações de forma lúdica, incentivando a criatividade e a percepção nas crianças.

Durante a atividade artística orientada as crianças foram divididas em grupos e receberam desenhos para pintarem, com a temática preservação ambiental.

Nas salas de aula a educação ambiental deve aguçar a curiosidade das crianças. Inserir assuntos como a preservação de florestas, como proteger os animais, de como não jogar lixo nas ruas ou nos rios, faz com que elas desenvolvam um senso crítico. A mensagem repassada para as crianças auxilia a surgir uma conscientização nos pais, que começam a mudar o seu comportamento diante das ideias que os filhos estão trazendo da vida escolar.

Escola Frei Fernando Rossi



Escola Pedro Cosme





Texto e Imagens: Equipe Escola Ambiental

Secretaria Municipal de Educação
Prefeitura Municipal de Lajedo - PE

terça-feira, 26 de agosto de 2014

LAJEDO PARTICIPA DO 1ºCURSO DE ASTRONOMIA DO BRASIL


Pioneiro no Brasil, o curso tem visa a capacitação dos profissionais, incentivando a maior utilização da tecnologia em sala de aula, assim como despertar o interesse dos alunos para a popularização da ciência no país e o aumento dos níveis brasileiros em rankings internacionais de avaliação.

As aulas estão sendo ministradas pelo renomado astrofísico espanhol, Raul Meireles, da equipe internacional de desenvolvimento de software de simulação astronômica “Nightshade”, utilizados em planetários, direcionadas para professores, astrônomos, professores e interessados em conhecer a fundo os recursos do planetário.



Diversas pessoas oriundas de todo o Brasil: Arapiraca-AL, Recife-PE, Garanhuns-PE, Cabo de Santo Agostinho-PE, Ipojuca-PE, Paulista-PE e Lajedo-PE, Ribeirão Pires-SP, Lavras e Belo Horizonte-MG, Porto Alegre e Pajé-RS, Rio de Janeiro, Natal-RN, Itajaí-SC, Jataí-GO e Dourados-MS.

Arapiraca é a primeira cidade do Nordeste a utilizar este tipo de equipamentos, é possível também visualizar mais de 100 mil estrelas, constelações e cometas. O curso será promovido pela fornecedora exclusiva do Planetário no país, a Hiperlab.

A Secretaria Municipal de Lajedo enviou dois representantes para participarem do evento, já que Lajedo possui um domo inflável com projetor da Hiperlab, sendo a primeira cidade de Pernambuco a adquirir o equipamento, mas que estava a anos desativado.

Confira a programação completa do evento AQUI.


CONFIRA REPORTAGEM DA GLOBO 27.08.2014

http://globotv.globo.com/tv-gazeta-al/bom-dia-alagoas/v/astronomos-e-astrofisicos-do-brasil-se-reunem-em-curso-planetario-em-arapiraca/3590105/Fontes:http://www.arapiraca.al.gov.br/v3/noticia.php?notid=7742

Fotos: google/ e Thiago Oliveira


sábado, 23 de agosto de 2014

FOLCLORE: ARTE NO BARRO






Folclore é o conjunto de tradições e manifestações populares, é formado pelos costumes que são passados de geração em geração: como lendas, mitos, artesanato, provérbios e danças.

O folclore simboliza a cultura popular e caracteriza a identidade de um povo, de uma nação. O folclore brasileiro é muito rico e há uma grande variedade de manifestações culturais em todo o Brasil.

Arte no Barro

A arte no barro é uma atividade milenar existente há mais de 3.000 anos antes de Cristo. No Brasil é uma prática muito representativa para a cultura popular.

É uma herança deixada pelos índios, entre os objetos havia utensílios domésticos e brinquedos, eram pintados com tintas fortes e coloridas inspiradas na natureza.

Os artesãos do barro são artistas anônimos espalhados pelo Brasil. No Nordeste, em particular Pernambuco, é grande a prática do artesanato no barro.

Caruaru

Em Caruaru, a prática do artesanato de barro teve origem no Alto do Moura, onde viveu Mestre Vitalino, o mais conhecido oleiro do Nordeste. Suas esculturas fizeram e ainda fazem sucesso no Brasil e no Exterior.

Vitalino Pereira dos Santos, filho de lavradores, ficou conhecido pelos seus bonecos de barro retratando o povo nordestino.



Garanhuns

O artesanato no barro em Garanhuns tem como seu principal representante Veríssimo, o mestre do barro. Natural de Garanhuns, José Veríssimo admirado por ser uma espécie de cronista social, que expõe suas análises com sutilezas e profundidade.

Escultura do Cristo do Magano representa a crucificação de Cristo, construída por Renato Pantaleão no ano de 1954.


Petrolina

O principal símbolo do artesanato de Petrolina são as Carrancas. Ana Leopoldina Santos, Ana das Carrancas, artista conhecida pelas carrancas de barro, com olhos vazados, uma referência ao marido cego. O Centro de Arte Ana das Carrancas conta sua trajetória.


Tracunhaém

Tracunhaém, que significa em tupi-guarani “panela de formiga” ou “formigueiro”, situa-se na Zona da Mata, Norte de Pernambuco, e é um dos maiores centros de produção de cerâmica do Brasil. Hoje, o artesanato em barro é uma importante fonte de renda para muitos moradores do município.


Além da cerâmica utilitária, Tracunhaém se destaca pela arte figurativa e decorativa do barro, criando santos, anjos, bichos – como o famoso leão com cachos – e figuras humanas, inspirados nas imagens do cotidiano, da cultura popular e, sobretudo, da fé religiosa.



Texto e imagens: Equipe Escola Ambiental

Secretaria Municipal de Educação
Prefeitura Municipal de Lajedo - PE

quinta-feira, 21 de agosto de 2014

IP em Ação Ambiental nos canteiros da Praça Joaqim Nabuco






O Instituto Presbiteriano realizou no dia 18 de agosto uma ação ambiental na Praça da Prefeitura em mais um dia do Projeto Abraço Verde em Lajedo.

O projeto tem como objetivo a conscientização da importância da jardinagem e arborização como auxílio na preservação ambiental.

Os alunos saíram as ruas e foram até a praça Joaquim Nabuco com cartazes e panfletos educativos, levaram 100 mudas de várias espécies e 30 metros em tapetes de grama, para realização de Ação Ambiental, contaram também com a colaboração dos funcionários da Secretaria de Obras no plantio.


Os alunos foram auxiliados pelos professores e diretores do projeto, Simone Sobral e Luciana Rios, além de, contar com a presença dos pais, do Reverendo Rosivan Rios, e da colaboração da gestora da Escola Ambiental de Lajedo, autoridades municipais, alunos do Projeto - Amigos do Bem do Colégio Normal.





O Projeto Abraço Verde já vinham sendo realizado em outros pontos da cidade, como a Praça Cecília Vilaça, avenida 19 de maio, praça Simplíciano Cardoso, desta vez, para finalizar, a Prefeitura de Lajedo cedeu os canteiros da Praça Joaquim Nabuco.




Parabéns a todos que compõe o Instituto Luiz de França!
São os sinceros votos de toda equipe da ESCOLA AMBIENTAL  de Lajedo.

Texto e Imagens: Equipe Escola Ambiental e Simone Sobral

Secretaria Municipal de Educação
Prefeitura Municipal de Lajedo - PE

Postagem em destaque

CALENDÁRIO ESCOLAR ESTADUAL 2020

INSTRUÇÕES NORMATIVAS SEE 08/2017 LINK:http://www.educacao.pe.gov.br/portal/upload/galeria/19310/INSTRU%c3%87%c3%83O%20NORMATIVA%20SEE%...